Editorial

  • Guilherme Messas

Resumo

E vem à luz o primeiro número da revista Psicopatologia Fenomenológica Contemporânea (PFC), organizada pela Sociedade Brasileira de Psicopatologia
Fenômeno-Estrutural (SBPFE). Como todo fato cultural novo, merece alguns apontamentos acerca das razões que justificam a sua criação, assim como exige a clara manifestação de seus propósitos. Embora a psicopatologia fenomenológica tenha quase um século de criativa existência (um breve histórico da vertente fenomenológica em psicopatologia pode ser encontrado no site da SBPFE) e tenha se difundido por vários países e motivado publicações originais em muitas línguas, ainda não se pode dizer que haja amplos canais de difusão para a pesquisa nesse gênero de atitude epistemológica e antropológica. Talvez a principal dificuldade para uma ampla difusão das obras dos cientistas ou pensadores dessa corrente seja exatamente a ênfase dada na particularidade autoral. Torna-se um exercício editorial, por vezes complexo, procurar reunir a diversidade das perspectivas de cada autor sob um eixo principal, dada a multiplicidade
de influências formativas que caracterizam a tradição fenomenológica. [...]

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2012-05-19
Seção
Editorial